12 99754 1285

LIVROS

Livro

Corpos Furtivos

Autor: Chico Lopes

GÊNERO: Romance (Selo Castiçal)
ISBN: 978-85-8406-85-1 | ANO: 2015
FORMATO: 14X21
PÁGINAS:  250 | Pólen Bold 90gr

 

Sinopse:  Não é sempre que a literatura escolhe uma personagem feminina, como protagonista, ainda mais quando este escritor é um homem. Chico Lopes, no entanto, positivamente contribui com a desconstrução desta literatura quase toda dominada de caracteres masculinos, mergulhando no íntimo de  uma mulher que será desmontado nas páginas sequenciais da obra. O que Chico traz, de forma rica, é a capacidade de enquanto homem, compreender e conhecer a esfera de incertezas, de traições e solidão que emanam das figuras masculinas, quando este mesmo homem é inflexionado pelos preconceitos referentes ao gênero masculino, que lhe impõe um padrão severo de comportamento, baseado em trapaças e em mentiras. De forma sensível, no entanto, Chico entende a sensibilidade feminina, que se confunde e se impacta pelo contato opositivo desta quase fragilidade da mulher, com a brusquidão dos homens. “Corpos Furtivos” é a história de Eunice, mulher madura, que se apaixona pelo aroma de um homem, que conhece por acaso. Nesta busca obsessiva por este cheiro diferenciado, o passado da protagonista desenvolve-se durante a história, ao mesmo tempo que Eunice é abatida pela densidade de um mundo masculino, que lhe contamina, no sentido de desdobrar-se para ela lhe desiquilibrando com as vibrações deste universo de tantas contrariedades. A história que se passa no interior, também reconstrói a interpretação antiga que julgava considerar este local, um espaço cheio de passividades, mas que mudou radicalmente com o desenvolvimento e transformações sociais, desdobrando-se em um interior que é apenas uma extensão da metrópole com todos os seus turbilhões, violência, movimento, tráfego. Chico Lopes já merecidamente agraciado com vários prêmios literários, entre eles o Jabuti, convida o leitor para este olhar sensível na direção da vida de uma mulher, já adulta, mas que enquanto viva e acompanhada de sua personalidade já formada, ainda carrega dilemas femininos que parecem indissolúveis mesmo diante da passagem do tempo.

OUTRO(S) LIVRO(S) DESTE AUTOR