12 99754 1285

LIVROS

Livro

Liturgia da Bala

Autor: Pedro Barbosa

GÊNERO: Poesia (Selo Candeeiro) 
ISBN: 978-85-5833-088-6 | ANO: 2017
FORMATO: 14X21 
PÁGINAS:  82 | Pólen Bold 90gr

 

 

 

Sinopse:  A poesia da bala não pode ser sutil, não pode ser trazedora de meias verdades. Pensando nisto, Pedro Barbosa encarrega a bala de suas palavras a levar a realidade dura e seca ao leitor. Para o escritor, o nascimento, as brigas, a existência do mundo são inúmeras balas, inúmeros traumas, acontecimentos que se amontoam  e que forma juntos o caminho da bala, da explosão, que penetra nos corpos, neste sentido a carne, a vida, são os obstáculos atingidos pela  potência dos tiros, a vida com todos os seus desdobramentos e perdas, cravam na base da carne humana suas marcas, “ Na trajetória da bala, / O corpo / A se interpor”. Falando também de paz, o autor destaca a dificuldade de a atingir num mundo no qual as balas são tantas, e mesmo com os estragos originados no seio da violência, a cultura da bala aguarda as tragédias numa atitude de acomodação; as diferenças são levadas a intolerância motivados pelo pensamento do desamor, “toda bala revela / Altivez estática / E consciência de alteridade”. No poema “Tirodicéia” a história das aventuras humanas é descrita como um rastro de lutas e agressões, tornando difícil distinguir as origens de tal cultura, ou mesmo, conservar a sobriedade para julgar o mundo, já que, o caos das relações atrofia a racionalidade, “Nem pergunto mais / Quem é bala / Quem é mão que dispara”. Trabalhando na temática da “Bala” o autor faz do material do mundo, com tudo o que existe de modo desencaixado, a corrupção, os maus tratos, a ganância, apontando a existência desta “Liturgia”, deste conjunto de práticas já enraizadas na sociedade fazendo com que a história da humanidade seja a história das guerras.

OUTRO(S) LIVRO(S) DESTE AUTOR