• Carlos Drummond de Andrade, trabalho, guerra

GÊNERO: Acadêmicos              

FORMATO: 16X23   | ANO: 2017               

PÁGINAS: 140 | Pólen Bold 90 gr




SINOPSE:

Drummond foi um poeta ideológico tendendo para o comunismo, sua poesia nasceu no berço do Modernismo, de características politizadas, ainda que o autor seja apartidário, sua escrita faz-se essencialmente moldada - embora livre - por um ambiente opressor, de guerras, de divisões. O “Eu” de Drummond fragmenta-se frente sua apatia de um cotidiano elevado a sujeito, capitado pela perspicácia do poeta, que embora atribua a mesmice aos dias comuns, encontra material para a poesia no tédio do dia a dia a dia. Este ensaio de Juliano analise o contexto mundial do capitalismo ganancioso com a culminação das guerras, da exploração do homem; estudar a poética de Carlos é envolver-se com este mundo caótico originado da falência dos sistemas políticos, e de uma natureza humana sempre assídua por competitividade Carlos Drummond é este homem que despreza a burocracia e a elite exploradora, de modo que para estudar sua poética é preciso compreender sua essência de homem indignado, sua consciência política, sua crítica e tristeza frente a vastidão do mundo que o seu eu pequeno não pode modificar. Este ensaio aprofunda-se na pessoa de Carlos, nos seus versos e relaciona-se também com os conhecimentos históricos dos tempos sombrios dos quais o poeta viveu, construindo uma complexa teia de fatos, de motivações que permitem sentir a poética de Drummond com toda a sua expressividade.                                                                                                                                                                                                                                                   

Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.

Carlos Drummond de Andrade, trabalho, guerra

  • R$40,00

Etiquetas: Lustre