• As Asas Secretas de Deus

GÊNERO:  Poesias                

FORMATO: 14X21 | ANO: 2017                

PÁGINAS: 130 | Pólen Soft 90 gr



SINOPSE:

Questões e mais questões. Á medida do transcorrer da vida erguem-se numerosas as perguntas, as dúvidas, e elas se dirigem, não somente para a resolução de complicados problemas aritméticos, mas fazem-se enquanto mais difícil enigma se associadas ao indecifrável do “Ser”, à essência do homem. O escritor transparece aquilo que lhe segue como sombra, que lhe perscruta os passos, em cada jornada, em cada perda, em cada triunfo, está lá, a sempre estática e presente dúvida de um desconhecimento do seu próprio ser, “Já não sei quem sou, / Uma coisa? / Um bicho indecifrável”, associada a sobrecarga de suportar ver-se como desconhecido, recipiente de amarguras e tristezas não de todos compreendidas, o autor pede que por instantes possa vagar como um animal sem mente, inconsciente sobre a estranheza do seu próprio corpo e de sua própria alma, “torna-me bruto, lobo guará, onça pintada /Cobre venenosa, cão vagabundo na rua”. Para compreender a si mesmo o autor traz a imagem do outro, falando de amor como quem pede por uma voz estrangeira e externa que possa lhe apontar os limites do seu próprio corpo, distinto, que se desconhece e se conhece no desenrolar de suas relações afetivas, “ a presença está marcada para sempre / No sempre abrir e fechar, / Das maçanetas que descem e sobem, / Na lembrança de um beijo cordial amoroso”. A sensibilidade transbordando dos versos de Uarlen vem da urgência com a qual o poeta sente a vida, molhando-se na alastrante torrente da compaixão e medo, sentimentos declaradamente experimentados pelo eu lírico; sentimentos que por sua natureza impactante, tornam-no conhecedor das fragilidades humanas, e assumidamente tornam-no: um indagador.





Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.

As Asas Secretas de Deus

  • R$37,00

Etiquetas: Candeeiro