• Jaha ñade ñañombovy’a

GÊNERO: Poesias

ILUSTRAÇÕES: Ulysses Bôscolo  | ANO: 2018

FORMATO: 14X21

PÁGINAS:  162 | Pólen Bold 90gr


SINOPSE:


                Falar de morte faz tremor, traz medo, no entanto, Marcelo Ariel não vacila frente a tendência a adensar-se por tal tema, fazendo-o de maneira provocativa, lançando a pergunta ao leitor: “Você está preparado para morrer?”. O autor esclarece dilemas humanos, viver é bambear-se entre a realidade e o sonho, quando o corpo, presente, manipulável e tangível, guarda nas suas entranhas a pergunta estarrecedora? O ser humano está ou não preparado para morrer. A morte, na poesia de Ariel, anda de braços dados com o sonho, a ausência e o silêncio da mente quando ela se despoja dos pensamentos está em consoante ao transe experimentado nos sonhos, o poeta afirma ainda, que existem diferente tipos de consciência, algumas, talvez a mais preponderante delas é aquela que está continuamente aprisionada nos pensamentos. Encarada por Ariel como condição bruta, a realidade da mente dos brasileiros, e dos humanos espalhados ao redor do mundo, é a fatalidade de um povo que vive em formigueiro humano, com todos imersos na barbárie da violência e da alienação. A poesia do autor, é sincera quando levanta questionamentos acerca do estilo de vida moderno, configurando um primeiro passo para o desvencilhar de tal situação demasiadamente doentia de viver sem viver realmente, apenas para cumprir as cotas de obrigações sem sentido



 


Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.

Jaha ñade ñañombovy’a

  • R$38,00

Etiquetas: Candeeiro