• Pragmatismo Das Flores

GÊNERO: Poesia

FORMATO: 14X21   | ANO: 2018                 

PÁGINAS: 92| Pólen Bold 90 gr


SINOPSE:

A poesia de “ pragmatismo das flores” tece em sua construção a elaboração da dor do luto sentido por Airton Souza pela morte dos pais. A obra é dividida em três partes, sendo a primeira intitulada “oração ao pai”. Nesta parte a oração em questão, tende a elevar a afetividade entre pai e filho no campo de uma compreensão que só foi atingida pela elevação da aceitação das diferenças, que a morte vem trazer. Ou seja, se na vida houvera ressentimentos pela relação de pai e filho, nem sempre próximas, foi com a morte que o perdão tomou corpo, à medida que a distância física abre espaço para a saudade, tornando lúcido que o vínculo entre pai e filho transcende as barreiras das emoções humanas. Já na segunda parte do livro a divisão recebe o nome de “Reza a mãe”. Aqui Airton Souza nos revela sua apreciação pela fé de sua mãe, e gostaria mesmo de acender ao nível de compreensão de sua querida falecida. Para o autor, sua mãe em seu silêncio dizia coisas apenas pelo olhar, e ensinava a ele sua filosofia de carregar “no peito uma faca e rasgar figuras na reza”, tentando sacralizar os desgostos mundanos por meio da força transbordante da fé. No terceiro capítulo “Consumação” o autor intercala poesias à mãe e ao pai, e termina o livro a desabafar para sua mãe, que seu pai em meio ao peso das heranças do passado, enfraquecera-se no dom “cultivar jardins” de compreender e alimentar a filosofia do amor conhecida como “ pragmatismo das flores”. 



Escreva um comentário

Você deve acessar ou cadastrar-se para comentar.

Pragmatismo Das Flores

  • Modelo: P206
  • Disponibilidade: Em estoque
  • R$36,00

Etiquetas: Candeeiro