12 99754 1285

LIVROS

Livro

Os Cactos não voltam para a Casa.

Autor: Ricardo Thadeu

GÊNERO: Poesia (Selo Candeeiro)
ISBN: 978-85-5833-068-8 | ANO: 2016
FORMATO: 14X21
PÁGINAS:  72 | Pólen Bold 90gr

 

 

Sinopse: Na correria das vidas movimentados e acinzentadas, em um síncrono moderno do ritmo de tempos atuais, Ricardo Thadeu atiça seu olhar poético para preencher “Os cactos não voltam para casa”, com uma poesia na qual o olhar do poeta surpreende-se na contemplação da rotina. A palavra de Ricardo é concisa, precisa, em versos livres e sóbrios o poeta expõe os seus temas. Com um leve pisar de pés sobre os chãos, o autor constrói um firmamento em cima de um material realista, que enxerga nas coisas tangíveis, a movimentação de uma vida moderna que merece ser descrita, como em, “entro na praça, um motoboy boceja, / urubus empoleirados na Câmara. / O leiteiro passa por mim de bicicleta.” O poeta também reconstitui o fino filamento de ligação com sua memória, na qual as lembranças da convivência com os avós, é exaltada como época calorosa, com um leve traço de saudade e muitas histórias guardadas e revividas com a poesia, “Vovó não me deixava / jogar gude na rua. / Por isso, eu era o alienígena. O estranho de outro planeta”. Nem somente servem como fonte de versos para Thadeu, as percepções das relações humanas; os animais, que cooperam com a paisagem mundana também são observados na vivência de suas rotinas, pelo olhar meticuloso do poeta, “Aves no quintal. / Fome nas ruas. / Todo dia, a mesma queixa: / O cachorro latiu, Mais duas sumiram.” Ricardo Thadeu concentra-se na retratação e exploração sóbria dos seus poemas, com temas importantes, porém é na sua linguagem exata, e livre que o poeta constrói o seu olhar detalhista e ligeiramente crítico.

OUTRO(S) LIVRO(S) DESTE AUTOR